Mais 60 empresas em Bagé são beneficiados com programa federal

O Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), lançado no início do mês de julho pelo Governo Federal, já contemplou mais de 60 (sessenta) empresas bageenses em pouco mais de sete dias. A informação foi repassada ao secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Paschoa Pereira, pelo gerente Geral do Banco do Brasil, Robson Silva.
Até o momento, a média dos empréstimos tomados pelos empreendedores locais gira na ordem de R$ 70 mil. Segundo o secretário da pasta, entre os beneficiários existem comércio de confecções, oficinas mecânicas, restaurantes, agropecuárias, óticas, empresas de informática, malharias entre outras. Com isso mais de R$ 3 milhões já foram liberados.
Bayard soube do Gerente do BB de Bagé que a instituição bancária espera novas resoluções e a liberação de mais recursos para socorrer as empresas que neste momento de pandemia atravessam graves dificuldades. Além do Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal também está operando o programa. A previsão é de que até o final do mês de julho Itaú, Bradesco e Santander iniciem a operar os empréstimos.