Atendimento psicológico volta a ser oferecido no SAIS

Foto: Divulgação

Na última semana, a secretária de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Deise Quadros, esteve conversando com a coordenadora do Serviço de Atenção Integral à Sexualidade (Sais), Luciane Cassão, e o presidente da Ong Reluvida, Bertoldo Jorge Soares, sobre o retorno do atendimento psicológico aos pacientes atendidos na unidade.

De acordo com a secretária, a volta da atenção psicológica visa o equilíbrio mental dos atendidos. “É muito importante dar continuidade ao tratamento do paciente. A assistência à saúde mental é fundamental para que eles compreendam a importância do tratamento ininterrupto”, pontua.

Para a coordenadora do Sais, um dos grandes benefícios dessa assistência é oferecer o serviço, seja de orientação, psicoterapia, supervisão ou avaliação psicológica. “O atendimento facilita a fala do nosso paciente que pode expor seus sentimentos e dúvidas de maneira mais direta”, analisa Luciane.

Deise informa que os atendimentos começam a ser oferecidos a partir desta semana e que a gestão está trabalhando intensamente para atender as demandas dos pacientes que utilizam a rede de atenção básica e especializada do município.