SDI apresenta solução para o Centro Popular de Compras em reunião com bancada do PTB

Na manhã desta quinta-feira (21/5), os vereadores Antônio Carlos Gomes Garcia (Carlinhos do Papelão), Ramão Bogado (Bocão), Graziane Lara ,  Augusto Lara , Rafael da Silva Rodrigues (Fuca) e Ronaldo Hoesel reuniram-se com o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDI), Bayard Paschoa Pereira, na sede da Secretaria, junto ao Centro Administrativo.
O encontro teve como pauta principal as estruturas que compõem o denominado Centro Popular de Compras (CPC). Na oportunidade, o secretário da pasta fez uma exposição detalhando todos os fatos relativos ao tema. Bayard salientou que o projeto do município, desde o começo das tratativas, foi concebido para ser implantado na Travessa Vanda Mourão, fundos do Obino Hotel, tendo o acompanhamento do Ministério Público, através do Dr. Cláudio Rafael Morosin. O projeto foi apresentado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do RS (Iphae-RS), órgão que delibera sobre a ocupação e uso de toda a poligonal tombada no centro de Bagé, incluindo o Calçadão, que  não acatou a proposta da Travessa Vanda Mourão, mas liberou a área do estacionamento de motos da Rua General Sampaio, como único local possível para implantação de projeto destinado aos trabalhadores de rua. “Mesmo não sendo a área considerada adequada por nós, entendemos por aceitarmos, tendo em vista que nosso propósito sempre foi encararmos este assunto” destacou o secretário. Após concluído o projeto e as estruturas implantadas e montadas na área, o IPHAE demandou mais documentos e, por fim, com a troca de sua direção, em janeiro de 2019, desautorizou a permanência das bancas no local.
Portanto, salienta Bayard, a Prefeitura agiu de forma responsável e com acompanhamento e orientação do MP, ao longo de todo o processo. “Acreditávamos, no entanto,  que o IPHAE manteria sua posição, até porque, dissemos sempre, tratar-se de ocupação temporária até que o local definitivo fosse atingido, o que infelizmente não aconteceu.

REMOÇÃO
O titular da pasta disse aos vereadores presentes que o processo de remoção já estava previsto para ocorrer antes da pandemia do Coronavírus, mas que com a quarentena o procedimento só pode se iniciar no início desta semana. O serviço está sendo executado pela Secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (SEINFRA) liderada pelo Eng. Jorge Duarte, coordenado pelo Chefe do Setor de Restauração de Edificações, Paulo Feijó.

O DESTINO DAS ESTRUTURAS

O secretário da pasta aproveitou o encontro para ouvir os vereadores sobre a intenção de transferir as 36 tendas do Centro Popular de Compras, para a Avenida Barão do Triunfo, 588. O terreno, localizado ao lado do Núcleo Moveleiro do Pampa é da Prefeitura Municipal que, portanto, não teria ônus algum com a medida. A sugestão de local foi apresentada ao secretário em reunião no COMPREB.  O local abrigaria atividades ligadas à economia solidária, economia colaborativa e economia social, servindo ainda para realização de eventos. “Mais uma vez destaco que a destinação será acompanhada pelo Ministério Público, que de todo o teor desta situação foi sempre informado por nós”, salientou Bayard.

POSIÇÃO DOS VEREADORES

Os vereadores apoiaram a medida, manifestando a importância da utilização social do equipamento que valorizará uma área pública que até então estava sem destinação.
A ação de aproximação que iniciou com a SDI será repetida com as outras secretarias, buscando levantar pautas e deliberar assuntos diversos, que podem ser solucionados com mais facilidade quando trabalhados juntos, referiu o líder da Bancada do PTB, Ver. Ronaldo Hoesel.