SDI garante que empresas mantêm interesse em atuar em Bagé

Foto: Paulo Batista

Durante os últimos meses, diversas empresas demonstraram interesse em atuar em Bagé. Algumas, inclusive, já estão com o prédio praticamente pronto para atuar. Com a situação da pandemia no mundo incidindo em problemas econômicos em quase todos os segmentos, o secretário Bayard Paschoa Pereira resolveu contatar as diretorias dos estabelecimentos para ver a atual situação e recebeu ótimas notícias.

A empresa Colombo Casa Pet é uma das que devem ser inauguradas em breve e tem lojas somente em três cidade do Rio Grande do Sul e está reformando o prédio situado na avenida Santa  Tecla, onde já funcionou a Colombo Pneus. Inclusive, já estão efetuando as contratações.

Maicon Dias, investidor de Pelotas, também confirmou um empreendimento de móveis que funcionará no prédio onde por muitos anos esteve a Cobagelã e, no começo desta gestão, a Secretaria de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso (Smasi). O ramo será o de móveis populares, itens de dormitório, cozinha e banheiro, estofados, dentre outros. O proprietário pretende contar com 20 funcionários.

Outra loja já divulgada, que deve começar as atividades no próximo mês, é a Taska, focada em calçados, que está com prédio em reforma na esquina da avenida Sete de Setembro com rua Dr. Penna e pretende disponibilizar 40 vagas de emprego.

“A nossa relação com as empresas do município e as que pretendem ingressar na cidade é excelente, por isso temos atraído cada vez mais empreendimentos para a cidade, que não desistiram nem mesmo em meio à pandemia de investir em Bagé. Ficamos felizes em saber que estas três mantêm os projetos. Além disso, estamos em contato com as demais que já manifestaram interesse em atuar na Rainha da Fronteira”, falou Bayard.