Residenciais da zona leste têm certidão de construção assinada em mais uma etapa importante para a entrega

Foto: Aline Sabedra

A manhã desta terça-feira (17) foi marcada por um importante passo para a entrega dos residenciais da zona leste. Em reunião no salão nobre da Prefeitura Municipal, foi assinada a certidão de construção dos residenciais Moriá e Ebenézer, na zona leste da cidade. Esta importante etapa habilita para a próxima fase, que é o encaminhamento  ao registro de imóveis.

Estiveram presentes na reunião, além do prefeito Divaldo Lara, representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso (Smasi), entre eles o secretário da pasta, Ramão Bogado (Bocão), o chefe de gabinete João Pedro Finger, o assessor jurídico Emerson Silva e o coordenador de Habitação Paulo Larrosa; o secretário e o secretário adjunto da Secretaria de Gestão e Planejamento (Geplan), Franco Alves e Elton Marques mais o arquiteto Antônio Trindade. Também estiveram presentes os representantes da Michelon Construtora.

Com mais esta etapa finalizada, o Governo Municipal dá sequência às demandas que dependiam desta finalização, ou seja, o encaminhamento da documentação para o registro de imóveis e a formatação das matrículas de cada unidade.

O secretário da pasta, Ramão Bogado (Bocão), avaliou esta fase. “Estamos nos aproximando da entrega e, com esta ação, conseguimos vislumbrar o dia tão aguardado por todos. Mas lembramos que os beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal, devem estar atentos aos chamamentos, cumprindo com suas responsabilidades, mantendo o bom andamento das demandas”, explicou.

O prefeito Divaldo Lara comemorou mais uma etapa vencida. “Quero agradecer o trabalho de competência da empresa Michelon, que executou uma obra de muita qualidade, possibilitando que, em breve, os bageenses possam ter sua casa, seu conforto e constituir sua família. Agradeço também a competência da equipe de Governo que trabalhou com afinco e fez este sonho se tornar realidade”, finalizou o chefe do Executivo.