Prefeitura, instituições de saúde e Ministério Público debatem Covid-19

Foto: Paulo Batista  

Na manhã desta terça-feira (17), a convite do Ministério Público, o Governo Municipal e entidades de saúde, situadas no município, estiveram reunidos, na sede do Ministério, para debater providências imediatas referentes à prevenção do Covid-19 (Coronavírus) em Bagé e região. Pelo Município, estiveram presentes o procurador Heitor Gularte e o secretário de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Mário Mena.

O grupo decidiu por uma atuação conjunta e permanente realizando reuniões e contatos constantes durante o período em que houver risco iminente do contágio. Ficou acordado que as decisões serão tomadas conforme os acontecimentos e que encontros de urgência serão realizados no caso da situação sair da normalidade.

Outro tema bastante debatido foi o de instituições de longa permanência de idosos (ILPI´s), popularmente conhecidos como asilos ou abrigos, sejam permanentes ou temporários, já que esta faixa etária é o grupo de maior risco detectado no momento.

Mena falou sobre as decisão: “Vamos acompanhar as substanciais normas sugeridas pelos principais órgãos nacionais e internacionais de saúde e indicar para que a população siga, fundamentalmente, cuidados pessoais que evitem a transmissão”, explicou o titular da pasta.

A reunião foi solicitada e comandada pelo promotor de justiça, Marcos Ferraz Saralegui, e contou com a presença da defensora pública Larissa Pedrolo Silveira Douradas, o coordenador da 7ª Delegacia Regional de Saúde, Ricardo Necchi, integrantes da Santa Casa e também do Hospital da Guarnição de Bagé (HguBa).