Prefeitura planeja ação para o turismo em 2020

Projetado durante todo o ano passado com base nas ações desenvolvidas, o plano para ações para o desenvolvimento do turismo de 2020 foi divulgado pela Prefeitura de Bagé, através da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), nesta segunda-feira (13). São diversas iniciativas que visam ampliar os serviços, melhorar e capacitar e incentivar novas oportunidades ampliando as possibilidades da área em Bagé.

Para a cidade cenográfica de Santa Fé, a titular da Secult, Anacarla Oliveira, ressalta que um mutirão será realizado nos próximos dias, onde os cenários do Sobrado e a Igreja do local serão demolidos, visto que estão muito danificados por causa das intempéries e pelo material ser frágil. Segundo a secretária, já há verba liberada pela Caixa Federal para reconstruir o sobrado com material de alvenaria. Outra ação no espaço criado para a realização do filme ‘O Tempo e o Vento’ é a montagem de um caminho para os turistas que visitarem o local. Já para os outros prédios, será buscada verba em forma de Parceria Público Privada (PPP).

Com o objetivo de incentivar desde pequenos a valorizar o turismo, a Secult também irá realizar, junto à escolas, o Projeto Turismo na escola consolidado na Prefeitura de Barra do Ribeiro, com o apoio da Apatur, da Biblioteca Pública Otávio Santos e da Fábrica de gaiteiros. Estarão envolvidas as escolas municipais e estaduais.

O Governo Municipal pretende realizar capacitações voltadas para o turismo local para entes públicos e privados, preparando para bem receber os visitantes da Rainha da Fronteira. Além disso, outra capacitação também é preparada pela Secult, voltada para a cultura gastronômica da região e com foco na valorização do cardápio local em restaurantes e hotéis de Bagé.

O prédio do Palacete Pedro Osório conta com duas iniciativas que devem começar em breve: o Café no Bosque e o Espaço Histórico do Vinho da Campanha. O primeiro, como o nome sugere, será a comercialização de café e alimentos no espaço do bosque. Um edital deve ser lançado para a licitação de utilização do local, promovendo o espaço e incentivando que as pessoas, além de visitar, tenham um momento mais agradável com família e amigos. A segunda ideia é uma parceria público privada com a Associação de Vinhos da Campanha, ocupando parte de uma área ociosa do porão do Palacete para divulgação da história do vinhos da região, através de seus rótulos com a possibilidade de venda e degustação.

Dois eventos, devem receber atenção especial da Prefeitura neste ano: O Fórum do Turismo e o 2º Encontro de Guias de Turismo.

O Trem do Pampa, idealizado pela Prefeitura de Santana do Livramento, também será uma atração em Bagé. O objetivo é passear pelas linhas férreas da região, com apresentações dentro dos vagões, histórias dos locais onde o transporte passar, o envolvimento do enoturismo e do olivoturismo locais.

A Secult confirma, ainda, a implantação de um Centro de Atenção ao Turista, na Praça Santos Dumont. O total investido será de R$ 114 mil e a estrutura deve funcionar na praça Santos Dumont, próximo à Rodoviária. O local vai contar com área de recepção, setor de atendimento e copa. Está prevista também acessibilidade para ingressar no espaço, assim como sanitários adaptados para deficientes.

“O turismo é um dos grandes pilares para o desenvolvimento de uma cidade. Por isso, realizamos este plano que visa ampliar as possibilidade e fortalecer o tema em Bagé, o que colabora diretamente com a economia da cidade”, afirmou o prefeito Divaldo Lara.

Anarcarla também falou sobre o plano: “É uma pauta essencial que temos debatido constantemente por sabermos que Bagé tem muito mais potencial na área para ser desenvolvido. Com estas ações receberemos melhor os turistas, para que cada vez mais pessoas tenham interesse em visitar a cidade, não só pelos espaços que temos, mas também pelo bom acolhimento”, ressaltou a secretária