Secretaria de Saúde esclarece sobre falta de medicamentos em algumas unidades

A Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência informa que alguns medicamentos ficaram em falta nas farmácias de algumas unidades, por atraso nos trâmites de licitação. A coordenadora da Assistência Farmacêutica, Melissa Collares Dalé, ressalta que o governo está realizando uma grande compra de medicações, regularizando o estoque até o final de março.

De acordo com a coordenadora, será realizada em breve a ampliação do acesso aos medicamentos para os postos de saúde, que atualmente estão disponíveis apenas no PAM I. Tal medida visa facilitar e ampliar o acesso da população, evitando assim o deslocamento destes usuários até unidades mais distantes.
Melissa ainda ressalta que alguns podem ser obtidos pelo Programa Farmácia Popular, diretamente na Farmácia Popular do município ou ainda pelo Programa Aqui Tem Farmácia Popular, que estão disponíveis em algumas farmácias e drogarias devidamente identificadas como participantes deste projeto.
O titular da pasta, Mário Mena Kalil, esclarece que a partir da próxima semana as unidades de saúde começarão a receber a medicação e a situação será normalizada.

Farmácia Popular é alternativa
Relação de medicamentos que podem ser retirados na Farmácia Popular: Atenolol 25 mg, Captopril 25 mg, Hidroclorotiazida 25 mg, Losartana 50 mg, Metformina 500 mg e 850 mg, Metildopa 250 mg e 500 mg, Nifedipina 20 mg, Propranolol 40 mg, Verapamil 80 mg, Enalapril 10 mg, dentre outros.
Já nas farmácias e drogarias do Aqui tem Farmácia Popular, podem ser obtidos os seguintes remédios: Losartana 50 mg, Atenolol 25 mg, Captopril 25 mg, Glibenclamida 5 mg, Propranolol 40 mg, Salbutamol Spray, entre outros.