Prefeitura realiza ação de conscientização ambiental no bairro Prado Velho

Crédito: Luciano Pavão

– Trabalho terá integração de cinco secretárias em mutirão –

Uma ação ambiental da Prefeitura de Bagé acontecerá esta semana, nos dias 9,10, 11 de março no bairro Prado Velho, através do trabalho da Secretaria de Meio Ambiente e Proteção ao Bioma Pampa (SEMAPA), Secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (SEINFRA), Departamento de Água, Arroios e Esgotos (DAEB) e Vigilância Ambiental, colocando diversos serviços à disposição da comunidade.
A SEMAPA realizará ação de conscientização ambiental, recolhimento de móveis e eletrônicos, colocação de placas nas Pedreiras. Já a SEINFRA fica responsável por recolhimento de inservíveis em torno das Pedreiras, patrolamento, iluminação, limpeza de valetas. A Vigilância Ambiental está encarregada de fazer controle de endemias. E o DAEB, o cadastro para a tarifa social, através do CADUNICO, documento expedido pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso (SMASI).
A secretaria do Meio Ambiente também divulgará os serviços prestados que estão disponíveis à população, como o Eco Ponto de pneus e o Eco Ponto de eletrônicos (Rua 20 de setembro, 889), recolhimento de móveis e eletrônicos (agendamento pelo telefone 3240 5161), recolhimento de lixo doméstico (terças, quintas e sábados, a partir das 7h).
A orientação para os moradores do bairro Prado Velho é a de colocar seus descartes de móveis e eletrônicos em frente às suas casas para o recolhimento. “Vamos visitar todas as residências visando a conscientização ambiental e levar o conhecimento da comunidade do Código Municipal de limpeza urbana”, afirma o secretário de Meio Ambiente, Aroldo Quintana.
O alerta da Prefeitura é com relação a Lei Complementar número 58 de 2015, que estabelece que depositar ou lançar nos passeios ou logradouros públicos e áreas privadas papéis, embalagens ou semelhantes que causem dano à conservação da limpeza urbana, bem como o mau acondicionamento dos resíduos são passíveis de multa, que varia de R$129,74 a R$648,73.
A partir de avaliação desta ação ambiental piloto no bairro Prado Velho, a Prefeitura pensa em programar a expansão da atividade a outros bairros da cidade.