Posto de Saúde da Zona Leste tem eletrocardiograma

Médico Sidney Paiva diz que é a primeira vez que Bagé tem esse serviço pelo SUS

Crédito: Giovana Pereira

O coordenador dos médicos da secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Ricardo Necchi, anunciou na manhã desta segunda-feira, no posto de saúde do Centro Social Urbano (CSU), que o aparelho de eletrocardiograma (ECG) que foi cedido para àquela unidade, está disponível para a realização de exames. Desta forma, a Prefeitura está levando para os Centros de Referências, não somente o atendimento de cardiologia, mas a oportunidade do exame durante a consulta, o que decentraliza os atendimentos que eram realizados somente no Posto de Atendimento Médico 1 (PAM).
Assim que o prefeito Divaldo Lara soube que o aparelho de ECG estava no almoxarifado da Prefeitura, desde maio de 2016, imediatamente autorizou que este fosse cedido ao posto da zona leste, o que vai ampliar significativamente a demanda regionalizada de exames no município.
De acordo com cardiologista do CSU, Sidney Paiva, o aparelho vai facilitar a obtenção do diagnóstico rápido dos pacientes e assim haverá mais agilidade para o tratamento. “Em quase 40 anos de exercício da medicina, é a primeira vez que conseguiremos, através do SUS, ter na hora o resultado do exame”, comemora.
Conforme o médico, os ECG são utilizados tanto nas avaliações cardiológicas de rotina e no acompanhamento de doenças crônicas e guia para o tratamento de emergências cardiológicas.
O secretário de Saúde Mário Mena Kalil acrescenta que Bagé é um dos poucos municípios gaúchos a oferecer atendimento cardiológico através do SUS e que o aparelho de eletrocardiograma em um posto de saúde é inédito. Segundo o secretário, em breve, todos os quatro Centros de Referência (Centro Social Urbano, CAIC, Arvorezinha e Floresta), receberão os equipamentos, pois a compra já está sendo providenciadas. “O eletrocardiograma disponível no CSU vem beneficiar a população, aumentando ainda mais a qualidade do atendimento da saúde no município e daqueles pacientes”, destacou.
Segundo Necchi, os exames são de livre demanda, isto é, todos os pacientes que consultarem com o dr. Paiva e for solicitado o eletrocardiograma, serão realizados. “O novo equipamento veio para facilitar a realização dos exames. Desta forma, mais pessoas podem ser atendidas em um período menor de tempo”, ressaltou.