Nota da Prefeitura de Bagé

A Prefeitura de Bagé se posiciona e repudia ação partidária de Sindicato, que motivou a paralisação das empresas de transporte coletivo, causando diversos transtornos aos trabalhadores que utilizam o serviço. O Governo Municipal reconhece o direito constitucional de greve, mas repudia que ato seja realizado com conotação partidária.

Com o objetivo de normalizar o atendimento à população, o secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Luís Diego Soares, auxiliou nas negociações conquistando a liberação do atendimento do porta a porta e a normalização do coletivo a partir das 10h.