Geplan cria setor para regularização fundiária

Foto: Patrícia Leal

Neste semana, foi protocolado requerimento no legislativo bageense solicitando a formação de uma comissão especial para tratar sobre a regularização fundiária no município. Antecipando-se às próximas etapas que serão realizadas na Câmara de Vereadores, a Prefeitura de Bagé, através da Secretaria de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos, confirma que começa a tratar do assunto nesta segunda-feira (15).

Em reunião com o proponente da pauta, Rafael Fuca, na tarde desta sexta (12), o secretário Eduardo Deibler informou que, na próxima semana, será criado um setor na Prefeitura para tratar deste importante assunto. O local deve se chamar Setor de Georreferenciamento e será multifinalitário realizando cadastro e mensura, por exemplo, dos espaços a serem regularizados. Para esta ação, o município deve contar com a colaboração da Universidade da Região da Campanha (Urcamp) e da Universidade Federal de Rio Grande (Furg), através do docente Glauber Acunha Goncalves, referência na área.

A pedido do vereador, os primeiro bairros que deverão receber o trabalho serão o Habitar Brasil e o Morgado Rosa, por serem considerados mais ordenados, com ruas consolidadas, o que facilita a atividade.

“Esta integração entre Câmara e Prefeitura é muito importante para debater e executar ações essenciais para o desenvolvimento de Bagé. Consideramos justa a reivindicação e estamos agilizando este tema”, declarou Deibler.

O prefeito de Bagé, Divaldo Lara, também comentou o assunto: “Considero a regularização muito positiva, pois agora os moradores que desejam ter a propriedade oficial serão atendidos e poderão investir com tranquilidade nos imóveis. Vamos resolver um problema histórico”, garantiu o chefe do executivo.