Casa de Cultura Pedro Wayne divulga lista de eventos

Foto: Rodrigo Sarasol

A Casa de Cultura Pedro Wayne, local gerido pela Prefeitura de Bagé, através da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), tem se destacado por abrigar importantes exposições das mais variadas vertentes das artes plásticas. Para os próximos meses, o calendário prevê diversos eventos.
Atualmente, está em cartaz a exposição ¨Teu nome é Mulher¨ que apresenta gravuras, desenhos, pinturas e instalações que tem como tema a figura feminina. Também fazem parte os poetas do Culturasul, MEB e outros independentes.
Já no dia 26, a exposição ¨Hidráulica com Arte¨ assinala os 50 anos do Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (DAEB), tendo a presença do Grupo de Musicoterapia da Unimed, coordenado por Ana Maria Delabary, que apresentará músicas que tem como tema a água.
Ainda em março, no dia 29, o projeto Falando em Arte, em parceria com a Biblioteca Otávio Santos, sede deste evento, nos traz Mariana Kalil com o título “ Peregrinando Arte e Cultura.”
Em abril, a cidade volta os olhares para o XI Festival Internacional de Cinema da Fronteira e o espaço organiza a ¨Estação Cinema¨, iniciativa em que convida artistas , fotógrafos, grupos teatrais, entre outros, para registrarem personagens, cenas, lugares, ambientes e atmosferas que remetam a filmes clássicos.
Já em maio, ¨Louvando Maria¨ apresenta a Casa de Cultura Pedro Wayne revestida de cor e luz pelas janelas com vitrais coloridos. Na parte interior, artistas, poetas e artesãos são convidados a homenagear a Padroeira de Bagé, Nossa Senhora Auxiliadora. No mesmo mês, o projeto Falando em Arte tem como convidada a prof.ª Iara Maria Botelho Vieira abordando o tema “Manifestação Popular à Padroeira – Fé, Cultura e Arte.
A diretora do local, Heloísa Beckman, destaca o trabalho que vem sendo realizado: “A cultura de uma cidade deve reforçar e valorizar especialmente o Patrimônio amplo, trabalhando com iniciativas próprias que resgatem e evidenciem fatos, personagens, datas, além de estimular iniciativas da comunidade. Assim, organizamos nossa agenda até maio, e a partir de junho a Casa será ocupada pelos projetos encaminhados , já que todos solicitam o segundo semestre para serem realizados”, contou.
A responsável pela Secult, Anacarla Flores, também destacou as ações realizadas: “Temos, cada vez mais, dado espaços para os artistas locais. Sabemos que Bagé tem muito história nas artes e ampliar o número de eventos só faz com que mais artistas bageenses sejam conhecidos e possam mostrar os trabalhos criados. Estamos muito feliz que cada vez mais pessoas nos procuram”, destacou, lembrando ainda que a Galeria Edumundo Rodrigues, no Palece Pedro Osório, também recebe exposições periodicamente.

Eventos já realizados na Casa de Cultura
Nos dois primeiros meses do ano, realizou-se, em janeiro a exposição, ¨Conexões Visuais “ e as obras recuperadas do acervo e doadas pelos artistas para a Pinacoteca Municipal.
Em fevereiro foi a vez de ¨Antigos Blocos dos Carnavais em Bagé¨, com pinturas de Ivan Soares, pesquisa do professor César Jacinto e depoimento de Edgar Muza

Foto: Rodrigo Sarasol