Semapa realiza parceria com empresa para recolhimento de pneus

Uma parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente e Proteção do Bioma Pampa (Semapa) e a empresa Reciclanip de São Paulo / SP, foi firmada recentemente para o recolhimento e destinação de pneus inservíveis. Em Bagé, o depósito de descarte de pneumáticos fica localizado na rua Maurício Campos, 450, Parque Marília.

De acordo com o secretário Nael Abd Ali, o local recebe os pneus de todas as prestadoras do serviço de conserto e reparos, manutenção e substituição de pneus e da população que fazem o descarte correto. “O material é entregue para a empresa de reciclagem que tritura os pneus e faz a reciclagem. Ela faz o co-processamento onde pelo alto poder calórico, cerca de 70% dos pneus são utilizados como combustível alternativo em fornos de cimenteiras, em substituição ao coque de petróleo”, explica.

Ainda segundo Nael, os pneus inservíveis dão origem a diversos artefatos, entre os quais tapetes para automóveis, pisos industriais e para quadras poliesportivas. Ainda para adição à massa asfáltica de pó de borracha, oriundo da trituração dos pneumáticos. Também tem o processo de laminação, onde os pneus não-radiais são cordados em lâminas que servem para a fabricação de percintas (indústria moveleira), solas de calçados, dutos de água pluviais entre outros.

O recolhimento dos descartes é realizado regularmente, sendo que o próximo recolhimento deve acontecer na próxima semana. “A demanda é grande pelo volume de borracharias que temos no município e as mesmas são notificadas e fiscalizadas pela vigilância sanitária para descarte e armazenamento correto. Essa parceria foi muito importante, pois não tínhamos o recolhimento periódico desse tipo de material e a população acabava descartando de maneira irregular, principalmente nos acessos a nossa cidade”, disse o secretário.

Importância do descarte correto

A colocação irregular de pneus no meio ambiente é um grande problema devido ao tempo de deterioração, causando poluição do solo e contaminação de áreas, pois expostos à luz solar e às chuvas, os pneus começam a se desfazer tanto em líquidos como em gases, contaminando ecossistemas e a atmosfera. Quando descartados de forma incorreta, podem acumular água, tornando o local propício para a reprodução de mosquitos transmissores de diversas doenças, entre elas dengue.