Governo Municipal decreta situação de emergência

Na tarde desta quinta-feira (10), o prefeito em exercício, Manoel Machado, assinou decreto declarando situação de emergência no município, devido aos problemas ocasionados pela chuva em Bagé nos últimos dias.

No documento, a Prefeitura declara que aconteceu um índice pluviométrico de cerca de 200mm em 24h e que isto ocasionou prejuízos na estrutura geral do município, especialmente no sistema viário urbano e rural, prejudicando o tráfegos na ruas e estradas, destruição de bueiros e tubulações, além de alagamentos em residências (prejuízos privados).

O decreto relata ainda que o Poder Público Municipal disponibilizou recursos materiais e humanos disponíveis de acordo com as possibilidade que tem para tentar amenizar os prejuízos e todas as secretarias estiveram envolvidas na situação adversa.

A situação de anormalidade está classificada como ‘Enxurradas”, de acordo com o COBRADE – 1200, conforme IN/MI n. 02/2016, de 20 de dezembro de 2016. O prazo de validade do documento é de 180 dias a partir da data de publicação.

“O decreto é de extrema importância para solicitarmos apoio junto a órgãos competentes para sanarmos os problemas enfrentados pelo município em virtude das chuvas. Aguardamos a homologação da situação de emergência pelo estado e já estamos trabalhando para conseguirmos o empréstimo de maquinário da Secretaria Estadual de Obra para intensificarmos os trabalhos”, declarou Machado.