Concertos Para Sempre Natal acontecem dias 19 e 22 de dezembro

Foto: Divulgação

Também no clima natalino, mais de 200 atores se preparam para iniciar as apresentações do Concerto Para Sempre Natal. Com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult) e Associação dos amigos da Orquestra Jovem do Pampa, os grupos se apresentaram nos dias 19 e 22 de dezembro, sendo a primeira data com os integrantes da Orquestra Jovem do Pampa e no dia 22 com a apresentação da Orquestra Filarmônica da Igreja Batista.
Segundo o maestro Joab Muniz, a primeira apresentação acontece em frente ao Centro Administrativo e contará com diversos convidados. “Esta é a 8ª edição do concerto, e desde o início deste Governo, contamos com o apoio da Prefeitura Municipal, o que nós dá um aporte maior para inovar a cada edição”, ressalta. Muniz comenta ainda que no dia 19 diversos convidados farão parte da apresentação. “A Orquestra Jovem do Pampa realizará sua primeira grande aparição após a parceria que a Associação buscou junto ao poder público, somente com este apoio foi possível tornar o projeto uma realidade. São 50 alunos e além deles contaremos com diversos músicos convidados e uma participação especial do tenor Saulo Laucas, um exemplo de superação e inclusão no nosso país”, comenta o maestro.
Bandas da cidade, como a do Exército Brasileiro, do Instituto Municipal de Belas Artes (Imba) e alunos, a professora de pianoforte Cheisa Goulart, o professor Marcelo Azeredo devem enriquecer o evento que contará ainda com a apresentação principal do Tenor Saulo Laucas, autista e cego, carioca que fará duetos com Raquel Fortes, violinista e Thiago Ribas, professor da Universidade Federal de Pelotas.
Já a apresentação do dia 22 será no Centro de Eventos Batista, onde a Orquestra Filarmônica da Igreja Batista, coral e solistas, realiza sua tradicional apresentação acompanhada da encenação das histórias de natal. O prefeito Divaldo Lara fala sobre a importância do apoio do executivo para a realização do projeto: “Este não é apenas um projeto cultural, que busca levar música e apresentações de qualidade sem custo algum para a comunidade, este projeto vai além, pois a Orquestra Jovem do Pampa é composta por alunos da rede municipal de ensino, que nunca teriam a oportunidade de aprender a tocar um instrumento tão complexo como o violino ou violoncelo. É a realidade das nossas crianças tomando um caminho mais belo e que sem dúvidas colherá bons frutos no futuro”, conclui o gestor.
As apresentações são gratuitas e abertas a toda a comunidade.