Coordenação do Projeto de Economia Solidária participa de ação do DAEB

A Secretaria de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso, através da Coordenação do Projeto de Economia Solidária, participou nesta quarta-feira (20),  de ação socioambiental na Escola Municipal de Ensino Fundamental Téo Vaz Obino. O objetivo foi divulgar os cursos de qualificação que são ofertados dentro do projeto “Economia Popular Solidária do Km 21” de forma gratuita e para cidadãos que vivem em situação de vulnerabilidade social.
Segundo a Coordenadora Eliana Parera, o projeto busca promover a emancipação econômica social dos indivíduos e a ampla divulgação do projeto em diversos pontos de nossa cidade é importante e sempre contribui para a disseminar a ideia. “Sempre bom frisar, que a partir das qualificações, conseguimos inserir vários jovens no mercado de trabalho enquanto outros hoje estão trabalhando de maneira autônoma e ambos gerando renda para o grupo familiar”, enfatiza.
Segundo a responsável técnica pelo trabalho, Ticiane Englert, a ação promovida pelo Daeb acontece por orientação de uma portaria do Ministério das Cidades, que determina que toda obra de saneamento básico, com recurso federal, possua um trabalho socioambiental.
E com o intuito de fortalecimento do trabalho em rede, constatado através de diagnóstico socioeconômico dos moradores, visitas domiciliares, entre outras ações, o Plantão Social da SMASI tem como principal foco, orientar e informar as pessoas sobre as atividades no bairro e elucidando eventuais dúvidas e auxiliar na solução dos problemas oriundos de reclamações.