Arquivo Público realiza homenagem a personalidades locais 

Foto: Arquivo/Prefeitura de Bagé

Em 27 de outubro do ano passado, o Arquivo Público Municipal foi entregue à comunidade totalmente revitalizado, após completar 20 anos de existência e de comprometimento com a história da cidade. Nesta sexta-feira (27), as salas do local recebem nomes de cidadãos que se destacaram ou contribuíram em áreas importantes no cenário local. O espaço conta com 1,2 mil metros quadrados e abriga diversos documentos, jornais, fotos e outros itens que contam a história de Bagé e do Rio Grande do Sul.

Na revitalização ocorrida, foram realizadas pintura, melhoras na estrutura, colocação de piso e outras pequenas reformas. Destaca-se ainda, que o espaço físico do Arquivo Público pode ser dobrado, já que o segundo andar comporta o mesmo tamanho. Também há como objetivo a construção de um ambiente para eventos, que será compartilhado com a Secretaria de Educação e Formação Profissional (Smed).
Na época, o diretor do órgão, Cláudio de Leão Lemieszek, falou emocionado sobre o ato: “Nunca um governo fez tanto em tão pouco tempo pelo Arquivo. Até agora, tudo que solicitamos para o prefeito Divaldo Lara foi atendido. Algumas são demandas de 20 anos que, enfim, conseguimos”. O diretor ressaltou, principalmente, a contratação de um arquivista, que foi empregado uma semana após o pedido.
No evento deste dia 27, que inicia às 10h30, acontece o descerramento das placas de salas e a inauguração do auditório Téo Vaz Obino. Serão homenageados Luis Olavo Almeida de Salles (acervo desenvolvimento rural), Octávio Assumpção Graffrée (acervo assistência social), Mauricio Infantini Filho (acervo saúde) e Zair da Rosa Romero (acervo Prefeitura em geral).
Atualmente o Arquivo Público de Bagé é gerido pela Secretaria de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos (Geplan).