Pregão presencial para contratação de prestação de serviço para Samu e UPA é suspenso

Foto: Giovana Pereira

Nesta sexta-feira (12), reuniram-se na sala de reuniões da Secretaria de Economia, Finanças e Recursos Humanos da Prefeitura de Bagé, o pregoeiro e supervisor geral de compras e licitações, Ricardo de Freitas Barcelos, e a equipe de apoio para procederem ao recebimento e abertura das propostas apresentadas na licitação modalidade Pregão Presencial nª 041/2017, cujo objeto visa a contratação de empresa, cooperativa ou entidade paraestatal especializada para a prestação de serviços médicos de Urgência e Emergência e Pronto Atendimento na SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e UPA 24h (Unidade de Pronto Atendimento 24h).

De acordo com Barcelos, a primeira parte do certame foi realizada através do credenciamento das empresas participantes, posteriormente a abertura dos envelopes. Após algumas manifestações de intenção de recurso, por parte de alguns representantes das empresas participantes, a sessão foi suspensa. “Decidimos suspender essa sessão para que seja feita uma diligência junto aos técnicos da Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, quanto a documentação de qualificação técnica da empresa que arrematou os itens”, declarou.

Ainda conforme o pregoeiro, depois de efetuadas as diligências, os participantes serão comunicados para que a sessão seja retomada.